Relatório de Atividades 2018

  1. IDENTIFICAÇÃO

 

A ARIL é uma entidade de direito privado, beneficente de assistência social,  tendo sua sede e foro na cidade de Limeira-SP.

 

Razão Social: Associação de Reabilitação Infantil Limeirense – ARIL

CNPJ: 51.472.447/0001-02

Inscrição Estadual: Isenta

Inscrição Municipal: 50.100.5600-56

Endereço: Rua Dr. Roberto Mange, 523, Jardim Mercedes, Limeira – SP, Cep.13480-240

Telefone: 19- 3404-8900  Fax: 19-3404-8901

Nome do presidente: Roberto Marcel  Caurim

Site: www.aril.com.br

e-mail :falecom@aril.com.br

secretaria@aril.com.br

 

  1. FINALIDADES ESTATUTÁRIAS

 

I – Se organizar para fins não econômicos;

II- Promover ações de prevenção, habilitação e reabilitação de pessoas com deficiência de deficiência.

III – Prestar serviços de medicina em reabilitação, educação especial infantil, fundamental e de educação para o trabalho;

IV – Promover gratuitamente, obedecendo aos limites da legislação pertinente, a assistência social, educacional e de saúde, orientando, tanto seus associados, como as pessoas por ela assistidas, nas matérias de interesse comum;

V- Favorecer o desenvolvimento do conhecimento cientifico e da técnica de reabilitação de pessoas com deficiências, estimulando estudos, palestras, debates e pesquisas, bem como o treinamento de pessoal técnico destinado ao atendimento dessas pessoas, possibilitando a aplicação de novos métodos e técnicas anteriormente aprovadas;

VI- Promover contatos ou parcerias com entidades congêneres, para assegurar o maior intercambio de informações, visando a colaboração recíproca no trato de problemas comuns;

VII – Atuar junto ao poder público e à população, visando a consecução de medidas de interesse da pessoa com deficiência.

VIII- Desenvolver projetos relacionados ao meio ambiente visando a melhoria da qualidade de vida de seus associados e da população de um modo geral.

IX- Desenvolver atividades culturais e artísticas, objetivando a inclusão das pessoas com deficiências e ;

X- Produzir e promover atividades paradesportivas e desportivas, objetivando a inclusão de pessoas com deficiências;

 

 

 

 

 

REGISTROS

  • Cartório de Imóveis e Anexos da Primeira Circunscrição: nº 152 em 07/12/65 Livro A-1, alterado em 09/10/2002 sob nº  745 – Livro A-1
  • Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social: SEADS nº  1.726 (Pró Social)
  • Reconhecida de Utilidade Pública Municipal – Lei nº  926/66
  • Reconhecida de Utilidade Pública Estadual – Lei nº  10.329/68
  • Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social processo nº 71000.050681/2017-51.51612/2017 de 01-01-2018 a 31-12-2020
  • Registro do CNAS: nº  209.233, de 10/08/1970
  • Cadastrada no Conselho Municipal de Assistência Social: nº 007
  • Cadastrada no Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente: nº 001
  • Alvará de Funcionamento: Nº 352690200-851-000013-1-9
  • Registro da Escola E.E.E. Francisco D’Andréa – Processo nº 9220/79 – CEI de 24/10/1980. DOU 25/10/1980
  • Certificado de Inscrição no CREMESP sob nº 03152
  • Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde – CNES 2029421

 

 

 CERTIFICADOS

Certificado do sistema de gestão da Qualidade Baseado na Norma Internacional ISO 9001:2008

Certificada como entidade bem eficiente nos anos de 2001, 2004 e 2006.

 

 

MISSÃO

“Promover a qualidade de vida das pessoas com deficiência, desenvolvendo suas potencialidades”.

 

VISÃO

“Ser considerada uma organização de referência na região e Estado, promovendo um atendimento de excelência na habilitação/reabilitação à pessoa com deficiência”.

 

 

 

III.OBJETIVOS:

 

GERAL

 

Proporcionar mecanismos para construção de estratégias de inclusão das crianças/adolescentes/adultos com deficiência no atendimento especializado e ou na comunidade.

 

ESPECÍFICOS

 

  • Promover ações de prevenção, habilitação e reabilitação de pessoas com deficiência física e ou mental;
  • Articular ações para preparar os segmentos da comunidade, para mobilização e definição no cumprimento das políticas públicas;
  • Promover condições que favoreça a qualidade de vida das crianças/adolescentes com necessidades especiais;
  • Criar condições efetivas para evitar o atraso do encaminhamento de crianças com necessidades especiais para o atendimento;
  • Oportunizar a inserção do adolescente com deficiência na rede produtiva de trabalho;
  • Possibilitar a inclusão efetiva das crianças/adolescentes com deficiência no processo de educação plena;
  • Oferecer treinamento ao pessoal técnico e não técnico, através de cursos, estágios e outros.

 

  1. ORIGEM DOS RECURSOS

 

Recursos Financeiros

A instituição mantém convênios com órgãos governamentais e não governamentais.

Recebe doações de pessoas físicas e jurídicas, mantém quadro de associados e promove eventos para captação de recursos.

 

 

CONVÊNIOS MUNICIPAL

 

 

 

 

 

CONVÊNIOS ESTADUAIS

 

 

CONVÊNIO FEDERAL

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Projeto de Captação de Recursos

 

 

 

 

CEPROSOM – Centro de Promoção Social Municipal.

Secretaria da Saúde – SUS

Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente

Secretaria Municipal da Educação

 

 

Secretaria de Estado da Educação

Secretaria de Estado da Saúde

 

 

Ministério de Desenvolvimento e Assistência Social

PDDE – Programa Dinheiro Direto na Escola (FNDE)

 

 

 

 

 

 

Projeto de Fidelização de contribuintes: “Juntos pela ARIL” e “Empresa Socialmente Responsável”

Promoções de eventos especiais

Telemarketing ativo, pessoas físicas e jurídicas.

Sub-contratos CHTP

 

 

 

Doações da Comunidade

 

Doações em espécie: produtos alimentícios, material de informática, consultas médicas, aparelhos ortopédicos,roupas e calçados.

 

Eventos realizados em 2018

 

Eventos para captação de recursos da comunidade:

  • 1º Noite Italiana
  • Venda de Kit do Joelho de Porco
  • Bazar da Pechincha
  • 2º Corrida

 

 

 

  1. INFRAESTRUTURA

Desde a sua fundação com apenas 4 crianças, a ARIL funcionou em diversos locais.

Hoje, funciona em imóvel próprio, doado pela municipalidade, à Rua Dr. Roberto Mange, 523 – Jardim Mercedes – Limeira – SP, numa área que abriga 03 prédios: quadra poli esportiva, 02 piscinas aquecidas e áreas externas, contendo salas adequadamente equipadas ao trabalho proposto, com número suficiente de instalações sanitárias, rampas e corredores de acesso.

Conta com salão de festas e eventos, sala de recepção, sala de mães equipada com cozinha para realização de cursos, de terapias, de aulas, de oficinas, marcenaria, de brinquedoteca, de musculação, cozinha, refeitório, vestiários masculino e feminino, piscinas cobertas e aquecidas, quadra coberta, loja de artesanato, playground, pista de atletismo e áreas livres.

As áreas ocupadas e disponíveis são:

Área total  – 5.323,93 m2

O imóvel adquirido em 2004 de 647 metros quadrados, há 100 metros aproximadamente do prédio principal, rua Presidente Prudente, 190 – Bairro Cidade Jardim, é utilizado para abrigar as instalações do Centro de Habilitação e Treinamento Profissional. Em 2005 já foi transferida a Oficina de Marcenaria.

 

Abrangência Territorial

 Situada na área central do município de Limeira, de fácil acesso, nas proximidades funciona um CRAS (Centro Referência Assistência Social) e um CREAS (Centro de referencia Especializado de Assistência Social) onde é possível encaminhar as famílias de acordo com as necessidades.

A ARIL funciona de 2ª a 6ª feira, das 07h00 às 17h00 , atendendo pessoas com deficiência intelectual e ou física associada de ambos os sexos, a partir de zero ano, em meio período e período integral em todos os programas desenvolvidos.

Tem como modalidade de atendimento a proteção social básica e especial de média complexidade, garantindo de forma continuada, permanente e planejada a defesa e garantia dos direitos da pessoa com deficiência.

O desenvolvimento dos programas acontece de forma integrada com os serviços da rede socioassistencial.

 

 

 

 

 

VII – IDENTIFICAÇÃO DOS SERVIÇOS E PROGRAMAS DESENVOLVIDOS

 

 

I . PROGRAMAS /AREA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL

 

A Assistência Social, direito do cidadão e dever do Estado, é Política de Seguridade Social não contributiva, que provê os mínimos sociais, realizada através de um conjunto integrado de ações de iniciativa pública e da sociedade, para garantir o atendimento às necessidades básicas” (art. 1º da LOAS – Lei nº 8.742, de 07/12/1993).

 

Os serviços prestados pela ARIL na área de assistência social têm como público alvo a Pessoa com Deficiência e seus familiares.

 

SERVIÇO TIPIFICADO

PROTEÇÃO SOCIAL BÁSICA

Baseado no Trabalho Social Essencial ao Serviço exposta na Resolução CNAS nº 109/2009 – Tipificação Nacional dos Serviços Socioassistenciais.

 

SERVIÇO SOCIAL

 

O trabalho social com famílias acontece através do atendimento individual de acordo com as necessidades geradas pela família ou em grupo, a fim de, apreender as origens e as possibilidades de enfrentamento das situações de vulnerabilidades vivenciadas contribuindo para sua proteção de forma integral.

 

Atividades desenvolvidas no ano de 2018

 

Participações na comunidade

 

Participação em evento no Teatro Nair Bello com o Tema: Empregabilidade da pessoa com deficiência.

Capacitação sobre Fortalecimento do Sistema de Garantia dos Direitos da Criança e do Adolescente” dias 20,21,26,27/03

Participação na palestra na câmara municipal com tema “Capacitação em Prevenção e assistência ao Uso de Drogas”

Reunião Tribunal de Justiça.

Reunião com Centro Infantil Lia Maura.

Participação da semana de inclusão das deficiências no Senac, falando sobre o trabalho desenvolvido no CHTP.

Representação nas reuniões do CMDPD (Conselho Municipal dos Direitos das Pessoas com Deficiências).

Participação nas capacitações realizada pelo gestor municipal da política de assistência social

Realização de confraternização com as mães para encerramento das atividades.

 

 

Número de profissionais: 4 assistentes sociais

 

Atendimentos realizados:

 

Orientação realizada as famílias: 2.378

(orientações realizadas de acordo com as necessidades geradas pela família e realização de encaminhamentos quando necessário)

 

Reuniões realizadas com a família: 07

Número de participantes: 159

frequência, orientações quanto as questões de responsabilidade, disciplina  relacionadas a colocação no mundo do trabalho. ( reunião pontual somente com alunos com potencial para inclusão no trabalho)

(Reuniões e grupos organizados com o objetivo de orientação e fortalecimento da função protetiva da família, contribuindo na melhora da qualidade de vida)

 

Orientação usuário individual: 147

 

Atendimento a ex-usuário: 171

( atendimento realizado a usuários e ou famílias que já foram atendidas pela entidade e retornaram a procura de informações e ou novos atendimentos)

 

Visita domiciliar: 13

 

Elaboração de documentação técnica, acompanhamento e registro da família e usuário em prontuário virtual.

 

Processo de colocação no mundo do trabalho, com entrevistas em duas empresas e sem sucesso. A aluna candidata a vaga e sua família ficara,m chateadas com a proposta que a principio estaria tudo certo e no momento da contratação houve mudanças. A dificuldade é que empresas estão mais exigentes e com vagas com qualificação, que a PCD intelectual não possui.

Intervenção juntamente com rede sócio assistencial de ( ex usuário de adolescente que está cumprindo medida sócio educativa.

 

eunião na secretaria de mobilidade , devido questões de carteirinha de transporte

 

 

 

Coordenação de Projetos

 

O setor de administração de projetos tem como função elaborar propostas de acordo com editais vigentes, acompanhar e realizar a prestação de contas através de relatórios técnicos dos convênios, elaborar plano de ação anual e relatório de atividades da organização.

Realizar o controle dos usuários para o Sistema de Informação do Serviço de Convivência do Município, como os relatórios de RMA e circusntanciado.

Participar das reuniões mensais realizadas pelo gestor da Política Social do Município representando a entidade

 

PSICOLOGIA

 

Trabalhar com os usuários/clientes dos diversos setores da instituição, levando em conta seus aspectos psicológicos, individuais, bem como relacionamento familiar e social visando a inclusão do mesmo nos diversos ambientes de vivência.

Atende todos os setores da instituição, desde o processo de triagem até o programa de vida adulta.

 

 

Número de profissionais: 6 Psicólogas

 

Atendimentos realizados: 1.515

 

Reuniões com famílias: 6

Participantes: 154

Reuniões com Usuários: 77

Participantes: 506

Orientações a equipe : 22

Orientações a família: 69

Avaliação/ Anamnese: 45

Orientação ao usuário: 47

 

 

 

 

 

 

 

Atividades

Capacitações realizadas:

Discussão sobre Deficiência Intelectual, TEA e outros Transtornos.

Início da extensão em ABA (Analise do comportamento aplicada) pela Unicamp (40 horas).

Participação ouvinte no evento: Falando sobre o Autismo (Amb. Saúde Mental)

Participação em Reunião de Estudos sobre o tema “Educação Especial à luz das Diretrizes Nacionais e Deliberações Estaduais”

Participação interna na semana de Estudos e participação externa na 7ª Conferencia Municipal de Saúde

Durante a semana de Estudos tivemos um dia inteiro de informações sobre TEA.

Psicóloga Daniela participou de palesta externa em São Paulo sobre Avaliação e Neuropsicologia e no dia 28/09, passou conteúdo para setor de psicologia.

 

Serviço de Convivência e fortalecimento de vínculos

Serviço organizado em grupos com crianças e familiares a fim de fortalecer os vínculos e previnir a ocorrência de situações de exclusão social

 

PROGRAMA BRINQUEDOTECA

A Brinquedoteca atua em dois aspectos: O primeiro é ser um espaço exclusivamente lúdico que visa atender as crianças da Estimulação Básica e do Setor Escolar e dentro de um contexto de reabilitação, seu principal objetivo, é o desenvolvimento e estimulação das habilidades sociais, cognitivas, comportamentais e emocionais, sempre por meio do “brincar” em atividades livres ou em atividades direcionadas pelo monitor e professora.

O segundo aspecto é atender as famílias das crianças que freqüentam a ARIL e o principal objetivo é proporcionar aos pais, acolhimento para que possam expressar suas dificuldades, serem conscientizados sobre a importância do brincar para a criança, receber orientações sobre fases do desenvolvimento e o que estimular em cada fase e o fortalecimento do vinculo afetivo entre pais e filhos.

 

Público Alvo: Atendimento para grupo de crianças da Estimulação Básica, Setor Escolar e famílias encaminhadas pelos setores.

 

Recursos humanos envolvidos: 01 psicólogo

Atividades

 

Atendimento em grupos de usuários e respectivas famílias

33 grupos com 65 participações.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Estimulação Básica

 

A condução deste programa e das atividades ocorre através de uma psicopedagoga a qual realiza orientações com monitoras, avaliações de novos casos e reuniões para discussão de caso com a equipe, familiares e escolas.

Reuniões interdisciplinares com a equipe da reabilitação para discussão de casos, assim como com a coordenação semanalmente. Este programa compreende a Estimulação Essencial e Bem-Me–Quer.

 

 Estimulação Essencial

Promover a vivência para socialização, estimulação senso perceptiva motora, bem como atividades da vida diária compatível ao nível de desenvolvimento em que se encontra.

O atendimento ocorre em grupo de acordo com a fase de desenvolvimento neuropsicomotor de cada criança e ou idade cronológica, dependendo das necessidades da criança e objetivos propostos para o grupo.

 

 

Público Alvo: Crianças a partir de 8 meses até 3 anos e 11 meses

Recursos Humanos Envolvidos:

 2 monitoras infantil

1 auxiliar infantil

1 psicopedagoga

 

Recursos Humanos que oferecem apoio ao programa:

1 assistente social

1 psicóloga

1 fonoaudióloga

1 fisioterapeuta

Terapeuta ocupacional

 

Número de crianças atendidas: 63

 

Atendimentos realizados: 3.900

 

 “Bem- Me – Quer”

 

Objetivos:

Os atendimentos acontecem em grupo de até dez crianças, desenvolvendo suas potencialidades, nas áreas motora, cognitiva, emocional e social, em um contexto lúdico e com uma rotina de atividades que lhes possibilitem inserir em um grupo de atividades e o desenvolvimento de hábitos de vida diária que atendem as crianças inseridas no setor, participação na reunião interdisciplinar.

 

Público alvo: Crianças de 4 a 7 anos e 11 meses

 

Recursos Humanos envolvidos:

7 monitoras

1 auxiliar infantil

1 psicopedagoga

 

Recursos Humanos que oferecem apoio ao programa:

1 assistente social

1 psicóloga

1 fonoaudióloga

1 fisioterapeuta

Terapeuta ocupacional

 

Número de crianças atendidas: 52

 

Atendimentos realizados: 7.781

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tipo de serviço: Serviço para adolescentes de 15 a 17 anos

 

PROGRAMA OFICINA PEDAGÓGICA

 

 

Objetivo

Proporcionar a pessoa com deficiência intelectual e ou física associada, atividades que levem ao desenvolvimento global nas atividades de vida prática e de vida diária e a sondagem de aptidão.

 

Público alvo: Adolescentes na faixa etária de 14 a 16 anos

 

Atividades:

Artesanato em geral ex: marcenaria, pintura, cartonagem

AVD – Atividade de Vida Diária ex: higiene pessoal, alimentação e vestuário.

AVP – Atividade de Vida Prática ex: cozinhar, limpar e arrumar casa, fazer compras e andar na rua, ir a locadoras, supermercados, lojas, etc.

 

Recursos Humanos Envolvidos:

4 monitoras

1 auxiliar

1Terapeuta Ocupacional ( Coordenadora)

1 assistente social

1 psicóloga

 

Número de atendidos: 27

Atendimentos realizados: 3.650

 

Atividades desenvolvidas:

 

Participações externas e internas (eventos, passeios, visitas, pique niques)

Palestra sobre motivação e auto estima para os pais

Visita grupo Unicamp projeto Culinária internacional, atividades de vivencia (sabores e saberes)

Festa aniversariantes do mês

 

 

 

 

 

 

 

 

Tipo de serviço: Jovens de 18 a 29 anos

 

PROGRAMA OFICINA TERAPÊUTICA OCUPACIONAL

 

Objetivos: Possibilitar aos usuários com maior comprometimento mental e ou físico melhor desenvolvimento pessoal facilitando a sua independência e convívio social; Participação em atividades que promovam suas potencialidades, visando melhora na qualidade de vida;Despertar na família a importância da inclusão do usuário nas atividades diárias;

 

Público Alvo: Adolescentes com maior comprometimento intelectual e ou físico acima de 16 anos;

 

Recursos Humanos Envolvidos:

1 terapeuta ocupacional ( coordenadora)

2 monitoras

1 auxiliar

1 assistente social

1 psicóloga

 

Número de atendidos: 36

 

Atendimentos realizados: 5.516

 

Atividades desenvolvidas:

 

Caminhada pelo bairro

Passeio a feira livre

Aniversariantes do mês

Participação no projeto culinária

Visita e vivencia de atividades com policiais

Atividades no bosque Maria Tereza

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PROTEÇÃO BÁSICA

Serviço para os jovens de 18 a 29 anos

A promoção da integração ao mercado de trabalho no campo da assistência social deve ser entendida como integração ao “mundo do trabalho”.

(art. 1º, resolução nº 33 de 28/11/2011).

 

CHTP (CENTRO HABILITAÇÃO TREINAMENTO PROFISSIONAL)

Objetivos

Possibilitar o reconhecimento do trabalho e da formação profissional dentro de suas possibilidade físicas, emocionais e intelectuais e desenvolver conhecimentos sobre o mundo do trabalho, como direito de cidadania.

Público Alvo: Adolescentes a partir de 16 anos

Recursos Humanos envolvidos no programa:

01 Assistente Social

01 Psicóloga

01 Terapeuta Ocupacional ( coordenadora)

06 monitores

 

Número de atendidos: 61

 

Número de atendimentos: 15.826

 

Atividades desenvolvidas:

Visita à empresa Maxion Wheels com grupo de alunos e funcionários

Festa dos aniversariantes do mês

 

 

Usuários encaminhados ao mercado de trabalho: 12 usuários encaminhados

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  1. PROGRAMAS DA ÁREA DA SAÚDE

 

“A saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal igualitário as ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação” (Art. 196. Brasil. Constituição Federativa do Brasil: promulgada em 5 de outubro de 1988 – 25ª ed., atual. e ampl. – São Paulo: Saraiva, 2000. 113p).

 

PROGRAMA DE REABILITAÇÃO

 

Objetivo: proporcionar a pessoa com deficiência a melhora da qualidade de vida através de atendimento especializado individualizado.

 

Público Alvo: Crianças a partir de 0 anos até 8 anos e 11 meses com deficiência intelectual e ou física associada.

 

Fisioterapia

Atendimento através de Estimulação Motora;Reeducação respiratória;Estimulação da correção postural; Promoção do crescimento e desenvolvimento da criança;

 

Recursos Humanos Envolvidos: 6 fisioterapeutas

 

Número de atendidos: 193

 

Número de atendimentos: 5.880

 

Hidroterapia: Complemento do atendimento no setor de fisioterapia;

Facilitar a terapia em solo;

Possibilitar maior mobilização, independência e percepção da criança

 

Número de atendidos: 13

 

Número de atendimentos: 323

 

Atividades realizadas pelo setor:

 

Capacitações realizadas:

 

Curso sobre o Fundamento do Método Bobath.

Treinamento ministrado pela Dra Maria Aparecida Cormedi com o tema:-
“Identificação de recursos de Comunicação Suplementar e Alternativa para potencializar a interação, as relações sociais e a aprendizagem das crianças com deficiência visual cortical e/ ou múltiplas deficiências”.

 

Terapia Ocupacional: Atendimento individual em: Estimulação sensório- motora de acordo com o desenvolvimento;Estimulação na área cognitiva;Estimulação das habilidades motoras finas;Estimulação na independência das AVDs

 

Recursos Humanos Envolvidos: 7 terapeutas ocupacionais

 

Número de atendidos: 278

 

Número de atendimentos: 5.897

 

Atividades desenvolvidas:

Capacitações realizadas:

Capacitação TEA na cidade de Ribeirão Preto.

Participaram do Workshop Funções Executivas nos Transtornos do Desenvolvimento da Avaliação e Reabilitação – GEATA (Grupo especializado no atendimento terapêutico ao autismo) em Ribeirão Preto.

Simpósio Brasileiro de Atrofia Muscular Espinhal realizado na Câmara Municipal de São Paulo

Formação no método Self-Healing com Laura Canto em Rio Claro;

 

 

Fonoaudiologia: Avaliar, tratar e encaminhar quando necessário desde o nascimento crianças com alterações na motricidade orofacial, fala,linguagem e funções auditivas

 

Comunicação Alternativa: Orientar famílias quanto a estimulação de aspectos da alimentação e da comunicação e observar o desenvolvimento desses mesmos aspectos.

 

Capacitação:

Participação no curso de extensão em Tecnologia Assistiva para deficientes visuais.

 

Disfagia:

Atendimento especializado a fim de promover a funcionalidade do mecanismo

de alimentação.

 

Recursos Humanos Envolvidos: 6 fonoaudiólogas

 

Número de atendidos: 258

 

Número de atendimentos: 5.797

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tecnologia Assistiva      

 

Atende através de encaminhamentos dos setores e realiza para os usuários que necessitam a confecção de orteses, adaptações de cadeiras, carrinhos e demais dispositivos auxiliares para a promoção da independência, autonomia e qualidade de vida dos mesmos.

 

Recursos Humanos Envolvidos:

01 terapeuta ocupacional

01 Fisioterapeuta

01 fonoaudióloga

 

Número de atendimentos: 914

 

Atividades desenvolvidas:

 

Confecção de órteses: 135

Palmilhas: 19

Adaptação de cadeiras de rodas: 41

Avaliações: 367

 

 

 

 

Programa de Educação Física             

 

Objetivo: Oportunizar ao máximo o desenvolvimento motor, cognitivo e afetivo social das crianças, adolescentes, adultos, através de atividades motoras gerais como: jogos, ginástica, atletismo e esportes, levando-se em consideração suas potencialidades.

Oferece atividades recreativas e motoras: jogos, atividades expressivas, rítmicas, rodas cantadas, mímicas e outras. Atividades atléticas naturais correr, saltar, arremessar.

Desenvolvimento e treinamento esportivo nas modalidades; atletismo, futebol, basquete, vôlei, handebol, natação e de atividades de higiene, asseio corporal e vestuário.

Organização e participação nos eventos internos e externos (campeonatos), bem como eventos internacionais.

Atendimentos de uma hora, duas vezes na semana em grupo para todos os usuários da instituição.

 

Público Alvo: Atendimento a crianças a partir de 3 anos, adolescentes e adultos

 

Número de atendidos: 365

 

Número de atendimentos: 14.909

 

 

 

 

 

 

 

Participações em Campeonatos:

Rio de Janeiro treinamento para os Jopgos Latino Americanos

Tênis de mesa no Gran São João

Participação no jogos Latino Americanos no Panamá, nas modalidades Bocha e Natação

Torneios de basquete e futsal

Torneio local de natação em parceria com a secretaria de esportes

Oportunizado internamente alguns campeonatos entre as Unidades ARIL Limeira e Aril Iracemápolis

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  

Enfermagem   

Tem como foco manter e promover a saúde das pessoas juntamente com os demais profissionais.

 

Recursos Humanos Envolvidos:

1 Enfermeira

1 Técnica de enfermagem

 

Número de atendimentos: 2.630

 

Atividades desenvolvidas:

Controle da agenda médica; Aplicação da vacina contra gripe;

 

Serviço de Nutrição

Realiza o controle de diversos tipos de patologias relacionadas à nutrição, como diabetes, obesidade, desnutrição, hipercolesterolemia e hipertrigliceridemia, entre outras.

Participa, realizando visitas domiciliares com equipe multiprofissional, avaliando e orientando usuários e familiares, quanto às recomendações dietéticas individualizadas.

 

Recursos Humanos envolvidos:

1 nutricionista

2 cozinheiras

3 auxiliares de cozinha

 

Atividades:

Lanches oferecidos: 37.719

Almoços oferecidos: 22.560

Controle de dietas: 73

 

Número de atendimentos: 696

O profissional de nutrição participa do Conselho de Alimentação Escolar

 

 

Neurologia

O profissional médico neurologista tem como função atender os pacientes e realizar o acompanhamento neurológico e avaliar na ocasião da triagem os casos que chegam na instituição.

 

Recursos Humanos Envolvidos: 2 médicos neurologistas

 

Número de consultas: 692

 

Fisiatria

O profissional de fisiatria tem como função atender os pacientes realizando avaliação dos usuários com comprometimento ortopédico. Prescrição de órteses/próteses. Contribuir para a prevenção da deficiência física.

 

Recursos Humanos Envolvidos: 1 médico fisiatra

 

Número de consultas: 23

 

Odontologia

Profissional é cedido pela prefeitura Municipal e atende também usuários de outras instituições congêneres da comunidade.

 

Recursos  Humanos envolvidos: 02 dentistas

 

Número de consultas: 364

 

 

Programa de Triagem – Acolhimento

 

Acolhimento às famílias que recorrem à instituição através de encaminhamento ou por procura espontânea, para solicitação de vaga na instituição.

Proporcionar as famílias orientações e ambiência acolhedora para o inicio do ingresso da criança/ adolescente com deficiência na instituição.

Publico Alvo: Famílias e crianças e adolescentes com deficiência

Recursos Humanos Envolvidos:

 

Equipe técnica do setor pelo qual a criança passará por triagem

 

Número de atendimentos: 441 atendimentos entre triagem e devolutiva.

 

 

PAEB (Projeto de Apoio e Estimulação ao Bebê):

Projeto Financiado pela Fundação Abrinq

 

Objetivo:

Atendimento em grupo de 04 horas semanais durante 1 mês para bebês em conjunto com seus responsáveis através de módulos para estimulação precoce.

O trabalho possui caráter preventivo e de fortalecimento de vínculos familiares a fim de incentivar a socialização e a convivência comunitária.

 

Publico Alvo: Crianças a partir de 0 anos até 8 meses, encaminhadas pela UTI Neonatal e  comunidade.

 

Recursos Humanos Envolvidos:

01 Fisioterapeuta

01 Fonoaudióloga

01 Psicóloga

01 Terapeuta ocupacional

01 Assistente Social

01 Enfermeira

01 Dentista

 

Crianças e famílias atendidas: 78

 

Número de atendimentos: 1.312

 

Grupos realizados em 2017: 9

 

III. PROGRAMAS DA ÁREA DA EDUCAÇÃO

 

PROGRAMA DE ESCOLARIDADE ESPECIAL: “ EEE FRANCISCO D’ANDREA”

Presta atendimento  à alunos com deficiência intelectual e múltipla (deficiência intelectual associada à deficiência física) que necessitam de apoio pervasivo/permanente devidamente diagnosticados pela equipe técnica da instituição, oferecendo escolaridade especial nos níveis de primeiro  a quarto ano do Ensino Fundamental de nove anos.

 

Público Alvo: Crianças com deficiência  intelectual e múltipla (deficiência intelectual associada à deficiência física) que necessitam de apoio pervasivo permanente diagnosticadas pela equipe técnica da entidade na faixa etária de 6 a 14 anos

 

Recursos Humanos Envolvidos

 

08  professoras

01 diretora escolar

01 coordenadora pedagógica

01  auxiliar de classe

01  cuidadora de alunos

01  assistente social

01  psicóloga

01 faxineira

 

 

 

Número de atendidos: 68

Número de atendimentos: 8.273

 

Atividades desenvolvidas:

 

Realização de cultivo de sementes alpiste, girassol e feijão em sala de aula para acompanhar o processo da semeadura.

Alunos visitaram supermercado e em seguida fizeram salada de frutas.

Realização de atividades no bosque referente ao Folclore

 

GARE (Grupo de Apoio à rede escolar)

Projeto financiado pela Secretaria da Educação

Convenio encerrado julho 2017

 

Objetivos:

Intervir no processo de inclusão efetiva do deficiente físico e intelectual na rede regular de ensino, através de orientação e sugestões aos professores, monitores e coordenadores no que diz respeito a adaptações dos materiais pedagógicos, avaliação e adaptação de mobiliaruio escolar coordenação motora fina, higiene e alimentação. Também aspectos relacionados a fala e linguagem e acessibilidade.

 

Público Alvo: Crianças com deficiência física e intelectual inclusos na rede municipal de ensino.

 

Recursos Humanos envolvidos:

1fisioterapeuta

1fonoaudióloga

1terapeuta ocupacional

1 psicólogo

 

Número de atendidos: 108

Número de atendimentos: 182

 

Atividades desenvolvidas: 27 Escolas visitadas pela equipe para orientação e houve boa receptividade por parte das escolas.

 

 

Projeto Intervenção Neuropsicológica

Projeto financiado pela Secretaria Municipal da Educação

 

Objetivo: Estimular, favorecer a habilitação e realizar a mediação entre alunos (encaminhados pelas escolas, com idade igual ou maior que 6 anos) que apresentam deficiência intelectual e seus objetos de conhecimento, a partir de déficits e limitações identificadas tanto previamente como no decorrer dos atendimentos.

 

Recursos Humanos envolvidos:

 

1fonoaudióloga

1terapeuta ocupacional

1 psicólogo

1 psicopedagoga

 

Número de atendidos: 55

 

Número de atendimentos: 2.468

 

 

 

 

 

 

Projeto Psicodiagnóstico

Projeto financiado pela Secretaria da Educação

 

Objetivo: Oferecer avaliação psicodiagnóstica a alunos com idade a partir de 6 anos que frequentam a rede regular municipal de ensino e que estejam apresentando dificuldades na aprendizagem acadêmica, suspeita de atraso no desenvolvimento neuropsicomotor e/ou distúrbios neurológicos.

 

Recursos Humanos Envolvidos

01 psicóloga

 

Número de atendidos: 100 casos

 

Número de atendimentos: 78

 

 

  1. PROGRAMAS DE INTERAÇÃO INSTITUIÇÃO E COMUNIDADE

 

Projeto Atores da Vida

Projeto desenvolvido com financiamento do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente (FMDCA)

 

Objetivo: Desenvolver através do teatro a capacidade de relacionamento entre os usuários libertando a imaginação, observação e percepção.

 

Ações e atividades:

Expressão corporal,música,dança e teatro.

Conscientização e exploração de movimentos (gestos,andar,expressão facial)

Dança de rodas passos, e coreografias simples.

Apresentação de peças em datas festivas

 

Recursos Humanos envolvidos: 01 monitor de atividades cultural

 

Número de atendidos: 212

 

Atividades desenvolvidas:

Ensaio e apresentação da peça teatral “A Casa Amor”

Produção de roteiros teatrais e encenações.

 

Central de Avaliação de bebês – CAB

Projeto desenvolvido com financiamento do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente (FMDCA)

 

Objetivos:

Proporcionar avaliação completa a criança de 0 a 8 meses, oferecendo a família seu diagnóstico e, se elegível para a Instituição criar uma proposta de atendimento.

 

 

Recursos Humanos:

01 Psicóloga

01 Assistente Social

01 Fisioterapeuta

01 Terapeuta Ocupacional

01 Fonoaudióloga

 

 

Atividades: São realizadas visitas nas UTIs Neonatal dos hospitais Santa Casa e Medical, com o objetivo de orientação e apresentação do trabalho da ARIL para os familiares dos bebês hospitalizados. Assim como avaliação multidisciplinar.

 

 

Voluntariado

Objetivos:

Proporcionar aos voluntários a oportunidade de atuar, nos diversos serviços e projetos da instituição contribuindo para o alcance de melhorias na qualidade de vida das pessoas com deficiências.

 

Atividades: Artesanato, confecção de material de apoio para venda na loja da instituição e para necessidade dos setores.

 

Recursos Humanos:  06 Voluntários

 

Recursos Humanos Apoio: 01 Assistente Social

 

 

Principais Ações realizadas em 2017.

 

Com os usuários:

Missa em comemoração aos 54 anos da ARIL

Festa da Páscoa

Festa Junina e Julina nos setores

Festa em comemoração ao Dia das Crianças

Apresentação de Natal pelos programas

Festa de encerramento com mães

 

 

Outros

 

Convênio com o CMDCA para financiamento dos projetos Atores da Vida e CAB.

Auditoria interna e externa com o objetivo de verificação dos impactos e dos processos internos.

Semana de estudos realizada na instituição com a participação de todos os colaboradores.

Evento promovido pela entidade para a entrega do certificado juntos pela Aril para as empresas parceiras.

Participações em capacitações promovidas pelo Ceprosom.

Restauração do parque da ARIL e entrega de doação de um brinquedo adaptado conseguido pelo projeto LIA.

 

 

A Associação de Reabilitação Infantil Limeirense – ARIL agradece o apoio da comunidade dos órgãos governamentais e não governamentais, com os quais mantém parceria.

 

 

Limeira, 31 dezembro 2017.

 

 

____________________________________________

Roberto Marcel Caurim

                                                           Presidente

 


Pesquisar no Site

SELO ISO 9001

DOE AGORA!

Você pode doar através do seu cartão de crédito ou boleto, um valor a partir de R$ 10,00, faça sua doação aqui.

50% do Projeto Atores da vida recebe apoio do Instituto CCR