Faça uma doação para a ARIL

ARIL-PAEB recebe Prêmio de Inovação Social do Governo do Estado de São Paulo

SÃO PAULO, 28 DE NOVEMBRO DE 2014 – “INOVAÇÃO” NÃO É UMA CARACTERÍSTICA EXCLUSIVA DAS ÁREAS ECONÔMICA E TECNOLÓGICA. DEVE FAZER PARTE DO DIA-A-DIA DE TODOS, NOS MAIS DIVERSOS SETORES, LUGARES E CIRCUNSTÂNCIAS. ACREDITANDO NISSO, E TENDO CONHECIMENTO QUE AS ENTIDADES SOCIAIS SÃO EXEMPLOS EM MUITOS PROJETOS E INICIATIVAS, A SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL LANÇOU O I PRÊMIO DE INOVAÇÃO SOCIAL DO ESTADO DE SÃO PAULO.

15896807566_826a85f83d_z

 

Rogério Haman – Secretário de Estado do Desenvolvimento Social

A PREMIAÇÃO DAS ORGANIZAÇÕES FINALISTAS FOI NESTA SEXTA-FEIRA, 28/11, NO SALÃO DOS PRATOS – PALÁCIO DOS BANDEIRANTES. O EVENTO CONTOU COM A PRESENÇA DO SECRETÁRIO ESTADUAL ROGERIO HAMAM, ENTRE OUTRAS AUTORIDADES E REPRESENTANTES DO TERCEIRO SETOR.

CERCA DE 140 PROJETOS DE ENTIDADES SOCIAIS, QUE ATUAM NO ESTADO DE SÃO PAULO E OFERECEM SERVIÇOS DE PROTEÇÃO SOCIAL BÁSICA, ESPECIAL DE MÉDIA COMPLEXIDADE OU ESPECIAL DE ALTA COMPLEXIDADE, FORAM INSCRITOS. DESTAS, 80 FORAM PREMIADAS POR SUAS AÇÕES INOVADORAS E QUE SERVIRÃO DE MODELO PARA OUTRAS ORGANIZAÇÕES. AS DEMAIS RECEBERAM CERTIFICADO DE RECONHECIMENTO DE INOVAÇÃO SOCIAL.

A ARIL CONCORREU COM 2 PROJETOS SENDO O ATORES DA VIDA E O PROJETO PAEB, O QUAL RECEBEU O SEGUNDO LUGAR NA REGIÃO DE PIRACICABA E ARARAQUARA

CATEGORIA – PROTEÇÃO BÁSICA

GRUPO X – ARARAQUARA – PIRACICABA
1º LUGAR: PROJETO: “DESPERTANDO VALORES PARA A VIDA”, LAR ESCOLA
REDENÇÃO – ARARAQUARA
2º LUGAR: PROJETO: “PROJETO DE APOIO E ESTIMULAÇÃO DE BEBÊS – PAEB”,
ARIL – ASSOCIAÇÃO REABILITAÇÃO INFANTIL LIMEIRENSE – LIMEIRA
3º LUGAR: PROJETO: “VOCE FAZ PARTE DA NOSSA VIDA!”, SABSA – SOCIEDADE
AMIGOS DO BAIRRO DE SANTA ANGELINA – ARARAQUARA

 

INOVAÇÕES SOCIAIS SÃO MÉTODOS, MODELOS, PROCESSOS, TECNOLOGIAS, PRODUTOS OU SERVIÇOS QUE TENHAM SIDO IMPLEMENTADOS DE FORMA INOVADORA E CONTRIBUÍRAM DIRETAMENTE PARA O DESENVOLVIMENTO SOCIAL DO ESTADO. DORA CUNHA BUENO, PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO PAULISTA DE FUNDAÇÕES, PARABENIZOU HAMAM “PELA CRIAÇÃO UMA AÇÃO TÃO IMPORTANTE E DIFERENCIADA”, DISSE.

PREMIAÇÃO
OS CRITÉRIOS USADOS PELA COMISSÃO JULGADORA NA AVALIAÇÃO DOS PROJETOS FORAM: PROMOÇÃO, ARTICULAÇÃO, GESTÃO E SUSTENTABILIDADE. O PRÊMIO DE INOVAÇÃO SOCIAL POSSUI TRÊS CATEGORIAS: PROTEÇÃO BÁSICA, COM 13 PREMIAÇÕES; PROTEÇÃO ESPECIAL DE MÉDIA COMPLEXIDADE E PROTEÇÃO ESPECIAL DE ALTA COMPLEXIDADE, COM SETE PREMIAÇÕES CADA.

FORAM CONSIDERADAS VENCEDORAS TRÊS PRÁTICAS POR CATEGORIA QUE REUNIRAM O MELHOR GRAU DE DESEMPENHO EM RELAÇÃO AOS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO ESTABELECIDOS. NA COLOCAÇÃO GERAL, OS TRÊS MELHORES DE CADA CATEGORIA TAMBÉM RECEBERAM UMA PREMIAÇÃO.

A INICIATIVA VISA O RECONHECIMENTO PÚBLICO, PROMOÇÃO E DIFUSÃO DE PRÁTICAS BEM SUCEDIDAS, IMPLEMENTADAS PELAS ORGANIZAÇÕES DA SOCIEDADE CIVIL.

“RECONHECER PUBLICAMENTE ESSAS ENTIDADES SOCIAIS QUE TRABALHAM COM AFINCO E BUSCANDO SEMPRE SOLUÇÕES INTELIGENTES É UMA FORMA DE MOTIVAR A SOCIEDADE COMO UM TODO A INVESTIR MAIS EM INOVAÇÃO, PRINCIPALMENTE NA ÁREA SOCIAL. O REFLEXO É POSITIVO E BENEFICIA DIRETAMENTE A POPULAÇÃO ATENDIDA”, COMPLETA O SECRETÁRIO ESTADUAL HAMAM.

FONTE: site secretaria desenvolvimento social de são paulo

Veja também :

gostou! Divulgue aos seus amigos.

Tabuleiro adaptado levou 2º lugar em Mostra de Ciências do Instituto 3M

Tabuleiro adaptado levou 2º lugar em Mostra de Ciências do Instituto 3M, projeto foi desenvolvido com o público alvo da ARIL.

tabuleiroO Jotadef – projeto de acessibilidade elaborado por estudantes da ETEC “Trajano Camargo” – conquistou o 2º lugar na 2ª Mostra de Ciências do Instituto 3M (multinacional norte-americana do ramo de tecnologia diversificada). O trabalho concorreu com ideias de estudantes de vários municípios do Interior paulista. São responsáveis pelo projeto os alunos do terceiro ano do ensino médio, Diego Silva Mota, Dimas Bezerra de Andrade Filho e Hagar da Silva, orientados pela professora Patrícia Pascon Souto Tancredo.

Trata-se de um tabuleiro adaptado a deficientes físicos para o jogo de damas. Voltado a pessoas com atrofia, sem movimento nas mãos ou mutilados de um dos membros, tem um dispositivo com eletroímãs preso ao braço do jogador, que o aciona por meio de um pedal, conseguindo assim mover a peça envolvida na jogada.
Segundo a professora de Educação para Cidadania, Patrícia Pascon Souto Tancredo, o projeto começou a ser desenvolvido no ano passado e os alunos levaram o produto final até o público-alvo: crianças com deficiência da Aril (Associação de Reabilitação Infantil Limeirense) para teste. “É gratificante ver o resultado com as pessoas com deficiências. Vimos resultados reais, crianças conseguindo jogar damas. Isso é bom, inclusive para o desenvolvimento do raciocínio”, ressalta.

DESEMPENHO
A conquista da premiação numa competição que envolveu várias outras cidades, inclusive da RMC (Região Metropolitana de Campinas), é considerada excelente pela professora. “Isso mostra que o projeto está avançando, além de dar aos alunos a oportunidade de crescerem em percepção social, terem uma mudança de visão”, comenta. A intenção dos estudantes agora é melhorar o projeto, criando opções para outros jogos de tabuleiro – como xadrez e jogo da velha.

A Mostra de Ciências foi realizada nos dias 13 e 14 deste mês e teve, ao todo, 190 projetos inscritos. O 2º lugar da ETEC “Trajano Camargo” foi na categoria Ciências da Saúde.

gostou! Divulgue aos seus amigos.
Gostou! então faça uma doação para a ARIL